Gestão de Projetos

A CRITICAL Software reconhece que cada projeto é único e importante. A gestão eficaz de projetos garante que os resultados são entregues no prazo e dentro do orçamentado, para garantir que os nossos clientes alcançam o máximo retorno do seu investimento.


Bases Sólidas

Trabalhamos de perto com os nossos clientes para entender as suas necessidades e utilizar a nossa experiência para criar um plano de projeto e um cronograma detalhado. Isto envolve a identificação de riscos e constrangimentos, a estimativa precisa dos requisitos, a programação das ações, a alocação de pessoas e de recursos e a definição de caminhos de comunicação e sistemas de informação claros.


Medida por Medida

Implantamos técnicas de medição "ao vivo" para acompanhar a progressão dos projetos relativamente a etapas planeadas. Mantemo-nos em estreito contacto com os clientes relativamente à progressão do projeto e identificamos e levantamos rapidamente quaisquer problemas.


A Necessidade de Velocidade

Em mercados competitivos, de ritmo acelerado, o negócio não espera por ninguém. Os nossos métodos de Desenvolvimento Ágil são concebidos para projetos que requerem os resultados mais rápidos possíveis, fornecendo software a trabalhar o mais rapidamente possível, mesmo quando os objetivos de um projeto não estão completamente identificados no início. Esta abordagem invulgar substitui objetivos finais com fornecimentos incrementais priorizados de acordo com o valor que acrescentam ao negócio do cliente.


Gestão de Risco

Somos realistas e reconhecemos que mesmo os melhores planos podem mudar. Contornamos de forma inteligente os obstáculos que aparecem durante os ciclos de vida do projeto. Implementamos estratégias de gestão de risco para minimizar o impacto das incertezas sobre os objetivos do projeto e gerimos respostas adequadas, para garantir que os projetos sejam entregues de maneira eficiente e eficaz em termos de custos.


Gestão Quantitativa de Projetos

O ciclo bem estabelecido de planeamento, execução e melhoramento também se aplica à gestão de projetos. A nossa experiência no desenvolvimento de software é sólida e a nossa política de medição de desempenho tem sido, há vários anos, reconhecida pela certificação CMMI Nível 5. Com base na avaliação de desempenho, a gestão de projetos aplica técnicas quantitativas para extrapolar o desempenho futuro de projectos, com base na progressão do projeto e no desempenho de projetos similares.

Os nossos clientes beneficiam de maior precisão sobre o tempo e os custos numa fase inicial. Utilizamos as medidas de desempenho de projetos anteriores, com base na nossa experiência, para estimar o esforço e materiais necessários para a execução bem-sucedida e eficiente de cada novo projeto. As medidas de desempenho de projetos anteriores são utilizadas para estimar também a duração de cada fase do projeto, aumentando a precisão do tempo de entrega estimado.

Os clientes também beneficiam de chamadas anteriores para a ação relativamente a desvios de desempenho. O desempenho de execução real é recolhido desde o início do projeto e comparado com o desempenho planeado. Os desvios são assim identificados o mais cedo possível, fornecendo o maior tempo de reação possível para corrigir o caminho de execução e reposicionar os esforços para alcançar os objetivos dos clientes.


Desenvolvimento Agile

O tempo para o mercado é uma medida-chave de sucesso para muitos dos nossos clientes. Utilizando o nosso ciclo de vida de Desenvolvimento Ágil, as entregas globais de longo prazo são substituídas por entregas incrementais parciais, com funcionalidades priorizadas de acordo com o valor que acrescentam ao cliente. Um plano amplo e rígido é substituído por um roteiro focando diferentes níveis de detalhe, permitindo uma definição completa das funcionalidades a ser entregues no curto prazo e uma ambiguidade razoável relativamente às funcionalidades insuficientemente entendidas em termos de valor acrescentado ou viabilidade técnica.


SCRUM

O Agile Manifesto foca-se em indivíduos e interações, produzindo software funcional, colaborando com os clientes e respondendo à mudança. O SCRUM captura a compreensão e expetativas dos clientes, produzindo e apresentando versões de software funcionais intermediárias em Sprints curtos (2-4 semanas de duração) e recolhendo feedback para permitir um rápido realinhamento quando necessário. A definição para a execução de um Sprint é baseada nas Histórias dos Utilizadores, uma estrutura de necessidades de escrita orientada para o utilizador. O conjunto completo de projeto/produto das Histórias do Utilizador constitui o Product Backlog, que é produzido e mantido pelo Proprietário do Produto. As histórias do Utilizador são priorizadas e o alcance de cada Sprint, chamado de Sprint Backlog, é selecionado a partir das principais prioridades.

As dinâmicas da equipa do projeto são uma caraterística chave do Scrum. As reuniões diárias do Scrum, com duração de 15 minutos, são realizadas de forma que cada membro da equipa apresenta o que esteve a fazer, o que pretende fazer e quais os obstáculos, se existirem, que podem impedi-lo de progredir conforme o esperado. Os membros da equipa deverão ser pró-ativos, ao invés de terem tarefas que lhes são impostas.

Um equívoco comum acerca do SCRUM é que ele não cobre documentação ou testes. No SCRUM, as práticas que devem ser seguidas em cada Sprint são configuradas na Definition of Done. A Definition of Done pode e deve incluir meios eficazes de documentação e teste, assim como quaisquer outras práticas consideradas necessárias para revisões de código. A equipa deve seguir a Definition of Done em cada Sprint se o resultado for para ser aceite.

Os resultados de cada Sprint são avaliados em reuniões Sprint Review. A equipa apresenta o que tem produzido e o proprietário do produto avalia o nível de resultados relativamente ao Sprint Backlog. As alternativas para o desenvolvimento futuro são discutidas e adicionadas ao backlog do produto.

A equipa pode perseguir a melhoria contínua através da realização de reuniões de Sprint Retrospective, onde o Sprint é discutido sem limites ou fronteiras e com a regra única de que a ação para a mudança deve ser objetiva e viável.

A abrangência da flexibilidade do Scrum, o alojamento da mudança e o desenvolvimento incremental têm um custo. Periodicamente, o software incremental produzido a partir de cada Sprint deve ser consolidado, quando os produtores estão confiantes de que é estável, para garantir que não sofre de problemas de qualidade resultantes do desenvolvimento incremental. O custo desta atividade é o custo de mitigar o risco de utilização de Waterfall com uma definição incompleta ou instável de toda a abrangência. Este custo deve ser comparado com o custo de reagir à descoberta de um grande desalinhamento das expetativas, após meses de desenvolvimento.