< voltar

CRITICAL Software Anuncia Resultados Recorde em 2017

March 20, 2018

CRITICAL Software Anuncia Resultados Recorde em 2017

A CRITICAL Software anuncia hoje que encerrou o exercício de 2017 com um desempenho financeiro excecional, o melhor de sempre da vida da empresa.

A multinacional portuguesa alcançou em 2017 um volume de negócios de 32 Milhões de Euros – um crescimento de 12% face a 2016. Já o EBITDA atingiu os 4,8 Milhões de Euros (15% do volume de negócios), e o EBT 3,7 Milhões de euros (12% do volume de negócios) – mais 15% do que em 2016.

O crescimento continuado a dois dígitos da tecnológica portuguesa assenta, no essencial, nas operações internacionais, com especial destaque para a do Reino Unido e a da Alemanha.

Gonçalo Quadros, CEO da CRITICAL Software, afirma a este propósito: “Estamos a celebrar 20 anos de existência. Ao longo de todo este tempo temo-nos empenhado em construir conhecimento, tecnologia, cultura – a nossa cultura, os nossos valores, que tão bem definem o que somos. Este desempenho, o melhor de sempre na nossa história, reflete a paixão das nossas pessoas, a sua determinação em continuar a inovar, ano após ano, nos mais exigentes mercados globais”.

E continua “os resultados alcançados em 2017 assentam num sólido desempenho em diversos sectores de negócio onde operamos, como seja o aeroespacial, da defesa, ou o ferroviário, aos quais acresce uma excecional performance nos sectores da energia e automóvel. O foco no mercado europeu foi também decisivo para a boa capacidade de geração de riqueza demostrada em 2017".

A comunicação destes resultados acontece pouco tempo depois da CRITICAL Software anunciar os seus planos para abrir quatro novos escritórios no interior de Portugal, nomeadamente em Évora, Tomar, Vila Real e Viseu. Prevendo um fortíssimo crescimento em 2018, a empresa tem em curso campanhas de recrutamento em todos os seus escritórios, procurando oferecer aos seus colaboradores um inspirador e gratificante ambiente de trabalho, uma cultura única e distintiva assente na partilha, diversidade e construção de comunidade, e a possibilidade de abraçar desafios em torno de algumas das tecnologias e projetos mais inovadores à escala global.



< voltar
Partilhar: